quinta-feira, abril 21

..:: Caos ::..

200 milhões em ação, pra frente Manaus (?).

Caos Urbano


Faltam três anos para 2014 e o Brasil já está sofrendo com aquela velha mania de deixar tudo para a última hora. É público e notório que a próxima COPA será por aqui, e é público e notório também o quanto o brasileiro é acomodado.

No Amazonas todos os problemas em relação à logística das obras para o evento estão acontecendo uma atrás da outra. O caso é tão sério que, até correr o risco de ficar fora da COPA, o Estado corre. E isso porque o governador da gestão anterior anunciava aos quatro ventos, que o Estado era o único, dentre os escolhidos, que possuía verba e material humano para cumprir todas as exigências que a FIFA impõe para um evento de tal magnitude.

Sabe-se que a única obra que está sendo feita é a do complexo do estádio Vivaldo Lima, mais conhecido como Vivaldão (Que está atrasada e superfaturada). Mas obras como a do famoso monotrilho, do Porto e do Aeroporto estão atrasadas, ou melhor, não estão acontecendo. É aquela velha história: “um espera pelo outro que espera pelo um.”.

Quanto ao monotrilho, que se escuta é que ele não ficará pronto de forma alguma em 2014, mesmo que as obras comecem agora. Tudo porque, além do problema de verba (Há previsão para 02 milhões, com estimativas para até mais), há o problema de infra-estrutura que a cidade de Manaus vem enfrentando nos últimos anos.

Manaus está inflando desordenadamente, e quem sofre com isso é o trânsito. Está cada vez mais difícil trafegar pelas ruas da cidade. Não há mais a hora do hush, há apenas hush. Você anda às oito da manhã, encontra engarrafamento, anda às duas da tarde encontra engarrafamento, anda as três da manhã, encontra engarrafamento...

Enquanto os órgãos competentes tentam entender o que está acontecendo, procurando culpados, 03 mil carros por mês são lançados a ruas que já não conseguem dar conta desta enorme quantidade de veículos. E os motoristas que se “virem nos trinta” para tentar fazer suas coisas em tempo hábil, sendo obrigados a fazer itinerários mais longos para poder fugir dos engarrafamentos.

“O trânsito é assim porque há motoristas mal educados nas ruas” – É esse o discurso da maioria das pessoas. Sim, realmente o trânsito de Manaus poderia ser melhor se não houvesse pessoas que ao invés de seguir as leis de trânsito, preferem achar que são os verdadeiros donos das ruas. Mas, a culpa não é somente deles. Caso essas pessoas sumissem, não iria melhorar muita coisa.

Manaus foi uma cidade que cresceu muito em pouco espaço de tempo. As autoridades não se deram conta de que uma grande expansão das vias de acesso é preciso ser feita, e foram deixando passar. Como resultado, temos ruas estreitas e completamente abandonadas por toda a cidade. Junta com a demanda crescente de carros às ruas, e o caos está feito. Talvez seja conseqüência do fato do Estado ser o 5° PIB do país, mas nada justifica. Espaço para expansões há, o que não há é boa vontade.

E assim vai se levando a vida nas ruas da capital manauara: com desordem e caos. E o tempo se esgotando. Depois, quando anunciarem que Manaus está fora da COPA as pessoas vão ficar chorando.

E eu nem vou entrar no mérito do transporte público, ônibus velhos e tarifas altas.



Vanessa (Lobinha).

2 comentários:

JOTA disse...

O que acontece é que nossos governantes estão esperando para que os prazos fiquem mais curtos para então emendarem um "plano emergencial" com pacotes de obras sem licitação e superfaturadas para conclusão de diversas obras. Eu não acredito nessa história de que Manaus ficará fora da Copa 2014. Além de achar que esse novo estádio que está sendo construído não vai passar de um "elefante branco", já que o futebol na capital baré está falido. Temos um ministro dos transporte que já foi prefeito da cidade e até hoje nada fez para melhorar o caos logístico em que nos encontramos, tudo é mais caro em Manaus devido a dificuldade de acesso. Faltam hotéis, falta infra-estrutura, falta educação..., é uma verdadeira fartura...

Anônimo disse...

Concordo com a escritora acima, sabemos que a FIFA se liga muito em propaganda, que foi o caso das multinacionais que apoiaram a capital, mas nao se ligam na realidade, no transito de Manaus que é o pior da regiao norte. Ja o MANGUEIRAO Em Belem ja esta 70% pronto e iria abrigar bem mais gente do que o vivaldo, sem contar que ja começaram as obras do BRT-BELEM, Que sera uma das maiores obra de facilitaçao de transito do Brasil. Depois da copa a torcida iria aproveitar o estadio muito bem como ja faz atualmente, mas Manaus merece sediar a copa, pelo menos so em 2014 ficará reconhecida pelo país.